TRANSPARÊNCIA

Rio Grande do Norte recebe 69 mil doses de vacinas contra covid nesta quinta (8)

Está programada para esta quinta (8) a chegada de um novo lote com 69 mil doses de vacinas contra a covid-19 ao Rio Grande do Norte. O carregamento será enviado pelo Ministério da Saúde, serão 32 mil doses da Coronavac e 37 mil da AstraZeneca. O anúncio foi feito pela governadora Fátima Bezerra (PT), em suas redes sociais.

As vacinas são direcionadas para a aplicação da 1ª dose em idosos e trabalhadores das forças de segurança, além da 2ª dose em trabalhadores da saúde e pessoas entre 70 e 74 anos, segundo orientação do Plano Nacional de Imunização (PNI), do próprio Ministério da Saúde.

O lote mais recente com imunizantes de combate à covid-19 chegou ao estado em 1º de abril com 150 mil doses, o maior volume já enviado ao RN desde o início da imunização, em janeiro. Até o momento, o estado recebeu um total de mais de 685 mil vacinas (685.690), segundo a plataforma RN Mais Vacina.

Com mais doses disponíveis, a estimativa é avançar nas faixas etárias da vacinação que, em Natal, está em pessoas com 64 anos ou mais. O Rio Grande do Norte tem uma população de mais de três milhões de habitantes (3.534.165), sendo que 358.859 pessoas foram vacinadas e 441.396 doses aplicadas.

Convocação Anvisa

Nesta terça (6), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) convocou a governadora Fátima Bezerra (PT) e lideranças de mais dez estados para discutir a liberação da vacina russa Sputinik V. Além do Rio Grande do Norte, foram convocados governadores do Acre, Bahia, Ceará, Piauí, Sergipe, Rondônia Pernambuco, Pará e Mato Grosso.

Em março, o Consórcio formado por estados do Nordeste fez a compra de 37 milhões de doses da Sputinik V para integrar o estoque do Plano Nacional de Imunização (PNI). As entregas estão previstas para os meses de abril, maio e junho. Mas, a reunião com a Anvisa era, justamente, para tratar da dificuldade de importação da vacina pelo governo brasileiro.

2ª dose atrasada

Pela plataforma RN Mais Vacina, cerca de 8.600 pessoas não compareceram para receber a 2º dose da vacina Coronavac e estão atrasadas no calendário de imunização. Para concluir o ciclo de imunização contra a covid, no caso da Coronavac, a segunda dose deve ser aplicada num prazo que vai de 14 a 28 dias depois da 1ª dose.

Quem recebeu a vacina de Oxford, ainda não atingiu o prazo para aplicação da 2ª dose, que é de 8 a 14 semanas depois da aplicação da 1ª. Pelo levantamento realizado pelo G1 RN, apenas seis municípios não estavam atrasados na aplicação da 2ª dose da vacina Coronavac: Coronel Ezequiel, Lucrécia, São Francisco do Oeste, Parazinho, Riacho da Cruz e Viçosa.

Imagem: reprodução redes sociais
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *