TRANSPARÊNCIA

RN está entre estados com escassez de AstraZeneca e Mossoró suspende segunda dose

Mossoró suspendeu a aplicação de segundas doses de AstraZeneca/Oxford na manhã da sexta-feira (10) por falta do imunizante. O Rio Grande do Norte é um dos cinco estados com escassez desse tipo de vacina, junto com Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou que ainda restam vacinas em estoque a serem distribuídas e que o Ministério da Saúde não tem enviado a quantidade necessária para D2.

O estado tem disponível um total de 11.690 doses da vacina, sendo 3.660 doses de reserva técnica e 8.030 destinadas para D2 a serem entregues em tempo oportuno para aplicação.

“A Secretaria aguarda o envio de novas doses por parte do Ministério da Saúde para fazer a distribuição aos municípios de forma célere, como vem ocorrendo desde o início da campanha de imunização contra a covid-19”, diz o comunicado.

De acordo com a Sesap, o Ministério está enviando as vacinas até o momento sem completar integralmente o quantitativo para a segunda dose, gerando desabastecimento em vários estados brasileiros. As pasta esclarece que o governo federal “ainda não sinalizou, apesar dos insistentes pedidos da Sesap, uma previsão para a entrega dessas doses”.

A gestão de Saúde estadual lembra também que, com a antecipação da segunda dose, de doze para oito semanas, os municípios devem adiantar o prazo somente conforme o recebimento de imunizantes, com base no número de pessoas a vacinar.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais