TRANSPARÊNCIA

RN inicia nesta terça (4) nova fase de imunização com distribuição das vacinas Oxford e Pfizer

A semana começa com uma nova fase da campanha de imunização contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte. A chegada de 101.750 doses da vacina de Oxford/AstraZeneca e 7.020 doses do primeiro lote da Pfizer/BioNTech na tarde desta segunda-feira (3) permitirá o início da vacinação de pessoas com comorbidades, deficiências permanentes e grávidas.

As vacinas armazenadas na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) serão enviadas nesta terça, 4, para os municípios. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) até o final da tarde deverá ser finalizada a distribuição de 115.364 doses para iniciar o processo de vacinação desse público em todo o estado, além de mais 2.320 doses para ampliar a imunização entre as forças de segurança.

Todas as doses da vacina da Pfizer deverão ficar em Natal, já que o imunizante necessita ficar resfriada em condições especiais. As doses precisam estar mantidas a uma temperatura que varia entre 2°C e 8°C, e ser aplicadas na população em um período de até cinco dias. Além disso, a carga necessita de armazenamento em câmaras frias com temperaturas entre -25°C e -15°C num prazo máximo de 14 dias.

A Sesap orienta os municípios, com base na nota técnica nº 20/2021, os grupos prioritários a serem atendidos nessa nova etapa de vacinação.

O público estimado em 460 mil potiguares foi dividido em duas fases. Para a primeira etapa, as vacinas estão destinadas a pessoas com Síndrome de Down, com doença renal crônica em diálise, gestantes e puérperas com comorbidades e aqueles entre 55 e 59 anos que tenham deficiência permanente e estejam cadastrados no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Entre as comorbidades, para a 1ª etapa foram destacadas as pessoas entre 55 e 59 anos que tenham diabetes mellitus ou doenças cardiovasculares crônicas. O escalonamento se dá pela quantidade insuficiente de doses da vacina até o momento para atender todo o público de uma só vez. As faixas seguintes serão entre 50 e 54, 45 a 49, 40 a 44, 30 a 39 e 18 a 29 anos, de acordo com a disponibilidade de doses.

Documentação no RN+ Vacina

Seguindo as recomendações dos Ministérios Públicos nas esferas Estadual, Federal e do Trabalho, além da Defensoria Pública do Rio Grande do Norte, a Sesap abriu um campo na plataforma RN+ Vacina para inserção dos documentos comprobatórios para as pessoas com comorbidades, os quais deverão ser analisados por equipe técnica anteriormente à autorização para a vacinação. Os documentos podem ser apresentados pelo próprio cidadão, na área de cadastro pessoal do RN+ Vacina.

Vacinação no Estado

O Estado do Rio Grande do Norte já recebeu 1.195.680 doses das vacinas Coronavac/Butantan,  Oxford/Astrazeneca e Pfizer/BioNTech. Segundo dados do RN+ Vacina, os municípios já aplicaram 752.062 doses.

Pelo menos 504.360 pessoas foram vacinadas. Destas 247.702 já receberam as duas doses, o que representa 32% do público alvo até a fase 2, que é de 757.069.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *