Principal

RN registra 10 óbitos e 313 novos casos da Covid-19 em 24h

O Rio Grande do Norte registrou 313 novos casos de Covid-19 e 10 novos óbitos em menos de 24h, de acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (20). O estado contabiliza agora 3.796 casos confirmados e 170 mortes pela Covid-19.

O boletim divulgado na manhã da terça-feira (19) registrava 3.483 casos confirmados e 160 mortes por Covid-19.

Ainda de acordo com a  Secretaria Estadual de Saúde Pública, 50 óbitos estão sendo investigados. O estado ainda tem 11.781 pessoas notificadas com suspeita da doença e outras 8.474 testaram negativo. O único dado que não obteve mudanças de ontem para hoje é o número de casos confirmados recuperados segue o mesmo: 992.

Segundo os dados desta quarta, 396 pacientes estão internados com coronavírus ou suspeita da doença. Destes, 137 estão em leitos de UTI – quatro a mais do que na terça – , sendo 101 em unidades do sistema público de saúde e 36 em hospitais privados.

No serviço público, a taxa de ocupação em Unidades de Terapia Intensiva é de 77%, já em leitos de tratamento semi intensivo, onde há 43 pacientes internados – serviço público – a taxa é de 86%.

Durante a entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (20), o secretário-adjunto de Saúde do Estado, foi questionado sobre o uso de hidroxicloroquina no atendimento inicial dos paciente de coronavírus no estado.

Para Petrônio Spinelli “criar ilusão na sociedade de que qualquer medicação é cura, que possa substituir o isolamento social, é apostar no crescimento da pandemia e no colapso do sistema. A discussão é técnica, é atitude médica, e deve se restringir a isso”, afirmou.

O uso do medicamento em pacientes com casos leves da doença foi autorizado pelo Ministério da Saúde, mesmo com a inexistência de comprovação científica de seu funcionamento para o tratamento da Covid-19.

Segundo Spinelli, o estado já enfrenta superlotação dos leitos críticos e a pasta busca abrir novos leitos em “curtíssimo prazo”. Uma das ações anunciadas na coletiva foi o empréstimo de equipamentos ao município de Natal, para ampliar o atendimento no Hospital Municipal e no Hospital de Campanha montado na Via Costeira.

De acordo com o estado, seis respiradores serão emprestados para abrir leitos de UTI no hospital de campanha da capital, enquanto os equipamentos comprados pelo município não chegam.

O Estado anunciou ainda abertura de 10 leitos contratados ao hospital da Liga Contra o Câncer até a próxima sexta-feira (22).

Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *