TRANSPARÊNCIA

RN se aproxima de 500 mortos por Covid-19 e já tem mais de 700 pacientes internados

A secretaria de Estado de Saúde Pública do Rio Grande do Norte registrou 1.666 novos casos confirmados do novo coronavírus nas últimas 24 horas. Já são, no total, 13.234 pessoas infectadas no estado potiguar, além de  496 óbitos confirmados.

A quantidade de casos suspeitos é de 22.627 e outras 90 mortes estão em investigação, segundo informações fornecidas pelo Governo em coletiva, nesta quinta-feira (11). Segundo o adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, a tendência tem sido a confirmação da maioria dos óbitos com suspeita de terem sido ocasionados pela Covid-19. Por isso, o estado pode já ter ultrapassado os 500 óbitos pela doença.

O sistema de Saúde do Rio Grande do Norte tem 710 pessoas internadas nas redes pública e privada. Dessas, 354 em leitos críticos – UTIS ou Semi-Intensivo. Outras 356 pessoas ocupam leitos clínicos, aqueles destinados a pacientes com casos de menor gravidade.

“Esses pacientes internados são de casos suspeitos ou confirmados, graves e não graves. O número é muito significativo, esses dados por si só já falam na necessidade da gente mexer no isolamento social e proteger nos próximos dias as pessoas que vão precisar de leitos de UTI. Essa ocupação está muito próxima da capacidade máxima que podemos atingir, mesmo que a gente abra novos leitos, o que fica mais difícil a cada dia”, disse Spinelli.

De acordo com o Spinelli, foram abertos cinco novos leitos nesta quinta-feira (11), mas já ocupados imediatamente.

Segundo a plataforma Regula RN, 133 pessoas estão na fila de espera por leitos, em classificação por prioridade. A plataforma é atualizada a cada cinco minutos pelos hospitais potiguares. Ainda segundo a plataforma, a taxa de ocupação de leitos é de 99% na região metropolitana, 92,2% na região oeste e 59,3% no Seridó.

Pacto pela vida

O Governo do Estado divulgou na última semana um decreto com a proposta de reabertura do comércio no Rio Grande do Norte, a partir de 17 de junho, caso a taxa de ocupação dos leitos não supere 70%. Hoje, apenas a região do Seridó teria condições de flexibilizar a abertura de estabelecimentos comerciais.

A operação Pacto Pela Vida, parceria entre o Governo do Estado e Prefeituras Municipais para aumentar o isolamento social, completou uma semana de atuação. Segundo o Secretário Estadual de Segurança Pública, Coronel Francisco Araújo, o governo conseguiu finalizar as reuniões com os municípios para articular a parceria.

“Todos os integrantes do sistema de segurança pública, polícias civil e militar e corpo de bombeiros estão à disposição dos municípios para atuar de forma integrada. Nesses últimos dias tivemos operações efetivas em municípios da região oeste como Mossoró, Assu e Pau dos Ferros. Lamentavelmente algumas pessoas insistem em desobedecer as orientações, eles não acreditam que podem adoecer. Reforço que a finalidade dos agentes de segurança não é prender pessoas, mas sim orientar e conduzir à delegacia apenas com a persistência do descumprimento do decreto. Nossa missão é a preservação da vida“, disse Araújo.

 

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.