TRANSPARÊNCIA

RN tem a 2ª maior redução na média de mortes por Covid-19 do Brasil

O Rio Grande do Norte apresentou nesta segunda-feira (17) uma queda de 54% na média móvel de óbitos. De acordo levantamento feito pelo G1, o Estado potiguar possui a segunda maior taxa percentual em redução mortes do país e a primeira da região Nordeste. Só o Acre possui redução média de óbitos maior que o RN, com 67%.

O Brasil está em estabilidade com redução de 3% nos óbitos.

A média móvel é a variação das médias dos últimos 7 dias em relação à média de duas semanas atrás.

Para definir se a região registra queda ou estabilidade, o estudo determina um percentual de variação. As variações no número de mortes de até 15% para mais ou para menos caracterizam estabilidade. Se o número for negativo e maior do que esse percentual, o estado possui queda no índice.

A governadora Fátima Bezerra comemorou o alcance do estado em rede social. Ela afirmou que o número está ligado as ações que o poder Executivo tem realizado.

“O Governo do RN vem trabalhado incessantemente, ao lado do Comitê Científico, órgãos, instituições, empresas e sociedade civil para garantir o controle da pandemia em nosso estado, tendo como prioridade a saúde da população potiguar”, afirmou.

Fátima lembrou ainda que apesar do estado ter apresentado queda nos índices epidemiológicos, ainda possui muitos casos e  reafirmou a necessidade da população potiguar em seguir de forma correta os protocolos definidos pelo Governo:

“Lembramos que apesar da melhora no cenário, a pandemia não acabou. Precisamos continuar conscientes da importância de seguir à risca os protocolos e medidas sanitárias que constam no decreto estadual. Só assim podemos evitar uma nova onda de contaminação em nosso estado”, pontuou.

Taxa de isolamento social do RN é a 4ª pior do país

De acordo com a plataforma Inloco – responsável em monitorar o isolamento social – o Rio Grande do Norte registrou percentual de 44,74%. Com esse número, o estado potiguar ficou entre os últimos no ranking de distanciamento social. Apenas Goiás (44,44%), Paraíba (44,41%) e Maranhão (44,17%) tiveram taxas de isolamento mais baixas.

Em relação à ocupação de leitos críticos (UTI e semi-intensiva), o Governo finaliza nesta segunda-feira (17) a abertura dos leitos previstos para as regiões de Seridó e Oeste.

Até às 10h20, o estado possui uma ocupação geral de 55,8%. A região do Seridó, que apresentava taxas maiores de 70% até sexta-feira (15), está com 64,7%. Em seguida, a região do Oeste registrou ocupação de 60,3% dos leitos. A região metropolitana se manteve estável e está com percentual de 52,3% de UTI’s em utilização.

Mais informações serão fornecidas durante entrevista coletiva, prevista para às 11h30.

Dados epidemiológicos.

O Rio Grande do Norte possui 57.660 casos confirmados, 22.650 suspeitos e 2.062 óbitos registrados. De acordo com a última atualização feita na plataforma Covid do LAIS/UFRN, nenhum óbito foi registrado no período de 24 horas. Além disso, 97.500 casos foram descartados e 34.186 pessoas foram recuperadas.

Os dados são do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde Pública.

Artigo anteriorPróximo artigo
Allan Almeida
Jornalista potiguar em formação pela UFRN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *