TRANSPARÊNCIA

RN tem mais de 14 mil infectados pela Covid-19 e 553 óbitos; Ocupação de leitos no estado chega a 92%

A secretaria de Estado de Saúde Pública do Rio Grande do Norte registrou 425 novos casos confirmados do novo coronavírus no último fim de semana. No total, 14.214 pessoas infectadas no estado potiguar, além de 553 óbitos confirmados.

A quantidade de casos suspeitos é de 22.504 e outros 23.293 casos foram descartados, segundo informações fornecidas pelo Governo em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (15).

O sistema de Saúde do Rio Grande do Norte tem 728 pessoas internadas nas redes pública e privada, tanto em leitos clínicos, quanto críticos. De acordo com a coordenadora das Redes de Atenção à Saúde da Sesap, Samara Pereira, a taxa de ocupação de leitos em todo o Estado é de 92%, com situação crítica registrada principalmente nas Regiões Metropolitana e Oeste, que contabilizam 100% de ocupação.

“Temos um número crescente a cada dia de casos confirmados e pessoas internadas, isso mostra a necessidade de intensificação de ações coletivas e efetivas para termos um cenário melhor, com a curva de crescimento da doença reduzida”, disse.

De acordo com Samara Pereira, 92% dos leitos do Estado estão ocupados (foto: Demis Roussos)

Segundo a plataforma Regula RN, 121 pessoas estão na fila de espera por leitos, em classificação por prioridade. A plataforma é atualizada a cada cinco minutos pelos hospitais potiguares.

Mais de 43 mil mortes no país

O Brasil tem 43.396 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta segunda-feira (15), segundo um levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Dados são contabilizados a partir da atualização de casos das Secretarias Estaduais.

Além do expressivo número de óbitos confirmados, o país tem 869.956 casos confirmados da doença.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Kamila Tuenia
Jornalista potiguar em formação pela UFRN, repórter e assessora de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *