TRANSPARÊNCIA

RN tem novo recorde de pedidos de internação por covid-19

O Rio Grande do Norte bateu o recorde de pedidos para internação de pacientes com a covid-19 na segunda-feira (15). Foram 152 solicitações. O maior número havia sido registrado no dia 10 de março, 140, superior apenas às solicitações realizadas em 22 de junho de 2020, 138.

Com o aumento do número de pessoas precisando de leitos para atender os casos mais graves, a fila de espera por uma vaga de UTI também vem crescendo. Na manhã desta terça-feira (16) 120 aguardam tratamento intensivo, 112 oriundos da Central Metropolitana e outros 8 da Central do Oeste. Quinhentas e treze pessoas já morreram nessa fila desde o início da pandemia.

Ainda na segunda-feira, o estado também ultrapassou pela primeira vez a marca de mil pessoas internadas por causa da doença. O boletim epidemiológico Nº 314 mostrou que 1.016 pacientes confirmados com covid estavam internados, 626 no serviço público de saúde e 390 na rede privada. O informativo revela ainda que o número deve ser maior, porque 2 dos 10 hospitais particulares não enviaram os dados para o Sistema de Gerenciamento de Leitos covid-19.

Os hospitais públicos operam com 95,2% dos leitos de UTI ocupados. No último final de semana, o estado chegou a ficar sem qualquer UTI disponível para tratamento de adultos infectados pelo SARS-CoV-2.

Já são 180.362 casos confirmados e 3.937 óbitos, considerando que é alta a subnotificação porque no sistema público não há testes suficientes para todos aqueles que apresentam sintomas.

Só nas últimas 24 horas foram 10 mortes confirmadas: em Natal (03), Mossoró (01), Felipe Guerra (02), Caicó (01), Parnamirim (01), Jundiá (01) e São Paulo do Potengi (01).

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *