CIDADANIA

Sem Etiqueta realiza campanha em defesa do orgulho LGBT

Durante o mês de junho, a marca de camisetas potiguar Sem Etiqueta vem realizando a campanha #OrgulhoSemEtiqueta, que tem, dentre as ações de visibilidade do Orgulho LGBT+, também arrecadar dinheiro para entidades defendem a causa no Estado.

Para celebrar o mês do orgulho LGBT+, a empresa criou uma camisa em representação à luta de cidadania e a causa de representatividade. Para isso, o diretor de arte Endrew Michel pensou em um desenho à base da camisa mais famosa da marca, a “Fuderosa”.

“Queríamos uma camiseta para marcar e ajudar a causa LGBT e, ao mesmo tempo, que fosse a mais vendida do nosso estoque. Foi quando Endrew bolou a camisa ‘Fuderosa’ com X no final e as cores do arco-íris”, disse o dono da marca, Raoni Fernandes.

O Grupo Afirmativo de Mulheres Independentes (GAMI) foi a organização escolhida para receber 10% de todo o valor de vendas das camisas “Fuderosx”. Raoni explica que o repasse não acaba com o fim do mês do Orgulho LGBT, pois enquanto a camisa estiver em estoque o valor será destinado ao GAMI.

Além disso, todas as pessoas que compraram qualquer produto da Sem Etiqueta no mês junino receberam um broche colorido, com um caju, marca da empresa, e um bilhete convidando o cliente a lutar por um mundo mais justo:

“Apesar da Sem Etiqueta ser uma marca progressista, nem todos os nossos produtos seguem essa linha. Isso faz que tenhamos diversos tipos de cliente. Hoje, acho que extrapolamos a nossa clientela para pessoas que muitas vezes vivem numa bolha. Nossa ideia com esse tipo de brinde é impactar esse público não progressista e acho que conseguimos fazer isso, porque Sem Etiqueta é justamente isso, sem rótulos, sem preconceitos”, explica Raoni.

Gami: mudar o mundo pelo feminismo

O Grupo Afirmativo de Mulheres Independentes (GAMI) foi fundado em 29 de agosto de 2003 por 12 mulheres em Natal, que se reuniram para a comemorar o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica. O grupo é pioneiro no Rio Grande do Norte na defesa das mulheres lésbicas e bissexuais.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *