CIDADANIA

Semana começa com greve de ônibus e transporte alternativo lotado em Natal

O dia de hoje (26) começou com frota de ônibus reduzida a 40%, conforme determinado pela Justiça, e transporte alternativo lotado em Natal. No 4º dia de greve dos motoristas e cobradores de ônibus da capital, o trânsito ficou lento nos pontos que costumam ser mais movimentados, como a Ponte de Igapó. Nas paradas de ônibus, os passageiros que tiveram que recorrer aos transporte alternativo para conseguir chegar a seus destinos.

A greve da categoria começou na última sexta (23) depois de uma tentativa frustrada negociação com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município de Natal (Seturn). O encontro foi mediado pela Justiça do Trabalho. Motoristas e cobradores queriam o retorno de parte do vale alimentação. O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário (Sintro/ RN) pediu 75%, a Justiça sugeriu 50%, mas os empresários não aceitaram nenhuma das opções, nem ofereçam uma contraproposta. Motoristas e cobradores já haviam conseguido o retorno do plano de saúde e abriram mão da negociação da data base, que se venceu em maio, para que uma nova rodada de negociações fosse iniciada somente em 2021. A greve é por tempo indeterminado.

Na tentativa de diminuir o impacto da greve para os passageiros do transporte público, a Secretaria de Trânsito de Natal (STTU) autorizou que veículos do transporte opcional, táxis, veículos do transporte escolar e os veículos de fretamento turístico autorizados pelo DER realizem lotação e circulem no itinerário das linhas de ônibus.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *