TRANSPARÊNCIA

Sergio Moro pede afastamento temporário

Anúncios

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, será afastado do cargo, mas só durante cinco dias. Moro solicitou afastamento “para tratar de assuntos particulares”, no período de 15 a 19 de julho e foi autorizado através de publicação no Diário Ofical da União desta segunda-feira (8).

Segundo a assessoria do Ministério, o afastamento é uma licença não remunerada prevista em lei e será utilizada pois o ex-juiz ainda não tem direito a retirar férias.

De acordo com portal Exame, um auxiliar da pasta informou que a licença já estava sendo planejada desde janeiro e não tem relação com o vazamento dos diálogos de Moro com procuradores da Lava-jato.

Luiz Pontel de Souza será o ministro de Justiça e Segurança Pública na ausência de Sergio moro.

Anúncios
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *