TRABALHO

Servidores da Saúde no RN encerram greve e aguardam reestruturação da carreira

Os servidores da saúde do Rio Grande do Norte aprovaram em votação nesta sexta-feira (19), o fim do movimento grevista, iniciado no dia 27 de outubro. No entanto, decidiu estipular um prazo até a próxima sexta-feira (26) para que o Governo envie o projeto de lei do novo Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração à Assembleia Legislativa, sob pena de retorno das paralisações.

Durante a Assembleia, os servidores deram seus depoimentos falando sobre as dificuldades que enfrentam dentro das unidades de saúde e denunciaram assédio moral por parte de alguns gestores, questionando também os valores pagos referentes à produtividade. A direção do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sindsaúde/RN) se comprometeu em levar essas pautas para a próxima reunião da Mesa SUS.

Na ocasião, alguns informes importantes também foram repassados, como o compromisso assumido pelo secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, em abonar as faltas registadas durante o movimento de greve.
Ainda em outubro, no dia 28, representantes do sindicato se reuniram com a governadora Fátima Bezerra (PT) e equipe do Governo para discutir as reivindicações da categoria.

As equipes econômica e da saúde abriram diálogo para negociação das melhorias nos salários. A governadora anunciou que no primeiro quadrimestre de 2022 seria iniciada a recomposição de algumas carreiras, corrigindo distorções salariais de mais de uma década, sobretudo aqueles cujos vencimentos são os mais defasados no estado. A equipe econômica do governo chegou a um percentual de recomposição salarial de 15% e essa medida beneficiará mais de 35 mil servidores e servidoras, ativos e inativos.

Com relação à minuta de lei sobre a produtividade, ainda está em fase de discussão. Ficou acordado que o Sindsaúde/RN enviará uma proposta o quanto antes, para ser avaliada pela comissão.

O sindicato também compartilhou que o Governo afirmou ter resolvido as pendências em relação às progressões dos anos anteriores. E que as progressões de 2020, serão publicadas em Diário Oficial ainda nesta sexta-feira (19), para serem pagas em uma folha suplementar.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo