TRANSPARÊNCIA

Sesap confirma mais 3 casos e registros de Coronavírus no RN chegam a 9

Anúncios

Os órgãos de saúde do Rio Grande do Norte confirmaram mais três casos de Coronavírus no Estado. Até o momento já são 9 registros da doença no Estado. Os exames laboratoriais que atestaram os novos casos foram realizados no Laboratório Central de Saúde Pública do RN. Os três pacientes moram em Natal, Parnamirim e Mossoró.

A paciente de Parnamirim é uma mulher, tem 28 anos e histórico de contato com caso confirmado de Covid-19 residente na cidade de Natal. De acordo com a Sesap, ela passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas no seu município de residência.

O paciente de Natal é homem, tem 41 anos e histórico de contato com caso confirmado de um morador de Recife. Ele também passa bem e está seguindo as recomendações de isolamento preconizadas na capital potiguar.

O primeiro caso confirmado em Mossoró é de um homem de 55 anos com histórico de contato com caso suspeito de Covid-19. Ele passa bem e está sendo monitorado.

Os três novos casos registrados no Rio Grande do Norte – Natal, Parnamirim e Mossoró – tiveram contato com pacientes infectados no Brasil, o que confirma o atual estágio de transmissão comunitária no Estado.

Embora a recomendação do Ministério da Saúde seja realizar os exames (coleta de amostras) apenas em pacientes graves hospitalizados, a Sesap esclarece que no território do RN permanecerão sendo coletadas as amostras dos pacientes que se enquadrarem na definição de caso suspeito, conforme nota técnica já divulgada, além das amostras dos pacientes graves hospitalizados com sintomas de Síndrome Respiratória Aguda Grave, visto que ainda se faz necessária a melhor definição do perfil epidemiológico no RN.

As Secretarias reforçam a necessidade da população manter as medidas de higiene que protegem não só para a covid-19, mas para diversos vírus de transmissão respiratória que circulam em nosso território. Os potiguares também devem ficar atentos às informações oficiais, evitando propagar fake news, e principalmente seguindo as recomendações de medidas preventivas decretadas pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, destacadas especialmente no Decreto no 29.541, de 20 de março de 2020, e pelo Governo Federal

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *