DEMOCRACIA

STF derruba contas de 17 apoiadores bolsonaristas nas redes sociais

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes determinou a suspensão de contas na redes sociais de 17 pessoas ligadas ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

A decisão tem relação com o inquérito relatado por ele que investiga uma rede de fake news contra bolsonaristas. Entre os investigados que tiveram as contas no twitter, instagram e facebook suspensas estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), os blogueiros Allan dos Santos e Bernardo Kuster, a extremista Sara Geromini e o empresário Luciano Hang.

De acordo com a decisão Moraes alega que “o bloqueio de contas em redes sociais, tais como Facebook, Twitter e Instagram, dos investigados é necessário para a interrupção dos discursos com conteúdo de ódio, subversão da ordem e incentivo à quebra da normalidade institucional e democrática”, escreveu.

Todos foram alvo de mandados de busca e apreensão realizados em maio.

Confira a lista completa:

  • Roberto Jefferson, ex-deputado, presidente nacional do PTB
  • Luciano Hang, empresário
  • Edgard Corona, empresário
  • Allan dos Santos, blogueiro
  • Bernardo Kuster, blogueiro
  • Edson Pires Salomão, assessor parlamentar
  • Sara Winter, blogueira
  • Winston Lima, blogueiro
  • Otavio Fakhoury, empresário
  • Reynaldo Bianchi Júnior, empresário
  • Eduardo Fabris Portella
  • Enzo Leonardo Suzi
  • Marcelo Stachin
  • Marcos Bellizia
  • Rafael Moreno
  • Paulo Gonçalves Bezerra
  • Rodrigo Barbosa Ribeiro

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *