+ Notícias

Taxa de ocupação é de 100% em 22 dos 26 hospitais com leitos para pacientes com covid-19 em estado grave

O Rio Grande do Norte tem 38 pessoas em estado grave à espera de uma vaga para internação em leito de UTI para pacientes com covid-19 na manhã desta terça (18). São 14 vagas disponíveis disputadas por 52 pacientes, sendo que 23 deles estão na região metropolitana de Natal, onde há 12 vagas. Os demais pacientes estão no interior do estado, onde 29 disputam apenas duas vagas disponíveis.

 

        

A semana começou com 141 solicitações por leitos covid-19 na segunda (17) em todo o RN. Na manhã desta terça, já havia 18 pedidos de internação. Dentre os pacientes internados em UTI’s, foram 20 mortes na segunda e seis óbitos registrados na manhã desta terça.

Dos 26 hospitais com leitos críticos para pacientes com covid-19 no estado, 22 estão com 100% de ocupação. Apenas o Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade (Pau dos Ferros), o Hospital Municipal de Natal, o Hospital Municipal Aluízio Bezerra (Santa Cruz) e o Hospital Doutor José Pedro Bezerra, mais conhecido como Hospital Santa Catarina, ainda possuem vagas para internação.

No total, a taxa de ocupação de leitos críticos (semi-intensivos e UTI’s) no Rio Grande do Norte é de 96%. No Seridó não há mais vagas disponíveis para internação, na região Oeste a ocupação chega a 98% e a 95% na região metropolitana de Natal.

Pelo boletim mais recente da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), divulgado nesta segunda (17), o estado tem um total de 251.077 casos confirmados e outros 82.435 suspeitos de covid-19. O RN já acumula 5.835 mortes confirmadas por covid-19, sendo que 11 foram registradas nas últimas 24 horas mas cidades de Mossoró (5), Natal (2), Parelhas (1), Touros (1), Jucurutu (1) e Apodi (1). Outras 1.189 mortes suspeitas de terem sido provocadas pelo novo coronavírus ainda estão sendo investigadas.

Gráficos: reprodução Regulação Lais/ UFRN
Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo