CULTURA

Teatros, cinemas e casas de show podem voltar a funcionar a partir de hoje (26) em Natal

Cinemas, teatros, casas de show, espetáculos e museus estão liberados para retornarem ao funcionamento a partir de hoje (26) em Natal. Os estabelecimentos precisarão seguir algumas regras como garantir o distanciamento social entre o público, que também deve permanecer sentado. É obrigatório o respeito a todas as normas de prevenção estabelecidas no protocolo geral de enfrentamento à Covid-19. O decreto, autorizando a reabertura nesta segunda, foi publicado numa edição extra do Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 21.

Cinemas

Será permitida entrada de, no máximo, oito pessoas por família desde que sigam as regras de distanciamento social;

Os assentos devem ser intercalados com distância de um metro entre os assentos ocupados;

Uso obrigatório de máscaras, inclusive pelos funcionários.

Shows

Permitida apresentação com até oito integrantes por banda;

Ingressos e produtos devem ser vendidos pela internet;

Casas de espetáculos, shows e teatros devem oferecer álcool em gel aos clientes;

Obrigatória respeito à regra de distanciamento social;

Uso de elevadores restrito a pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção;

Para evitar aglomerações, está proibida a sessão de fotos com artistas;

Saída do evento deve ser feita de forma escalonada por fila de assentos. A mesma regra vale para equipe de montagem de palco e equipamentos e o procedimento deve ser feito por etapas;

Ficam suspensos os intervalos durante os espetáculos para evitar aglomerações;

A recomendação é que os artistas também usem máscara, mas se não for possível, é preciso manter um distanciamento de seis metros do público.

Circos

As lonas devem ser levantadas até a altura da última arquibancada;

É obrigatório o uso de máscaras, luvas e óculos de proteção por todos os colaboradores que trabalhem na manipulação de alimentos, controle de matéria-prima e transportes;

Obrigatório o uso de máscara de proteção pelo público.

Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *