TRABALHO

Terceirizados que preparam alimentação do Hospital Walfredo Gurgel fazem greve

Os funcionários da empresa JMT, que presta serviço de alimentação a alguns hospitais públicos do Estado do Rio Grande do Norte, inclusive o Walfredo Gurgel, iniciaram nova greve nesta segunda-feira (11). Dessa forma, acompanhantes de pacientes e servidores ficarão sem alimentação, com exceção das ceias dos funcionários.

O mesmo ocorreu em setembro, porque os salários estavam atrasados. De acordo com o diretor do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde/RN) Carlos Alexandre, o problema é recorrente e a categoria espera uma solução definitiva.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), a verba destinada ao pagamentos dos servidores deve ser depositada após o feriado (12 de outubro). Em setembro, o governo justificou que o atraso se deu pela demora na entrega de documentação comprobatória da execução dos serviços e trâmites processuais entre a Sesap e as empresas, necessário para o pagamento.

“Mais uma vez a Sesap não se entende com a JMT e o salário desses profissionais não são pagos. Todo mês tá acontecendo isso, essa complicação com a Safe [outra terceirizada] e a JMT. Chega no quinto dia útil e eles não têm dinheiro na conta”, disse o sindicalista em vídeo, sugerindo que todos os servidores deveriam aderir à greve por estarem sem alimentação garantida.

Como a equipe da empresa está trabalhando de forma reduzida, apenas as refeições dois pacientes estão asseguradas e a ceia dos funcionários, que será servida em quentinhas.

“O refeitório hoje está fechado. Não tem refeição para os servidores que vão trabalhar 12 horas e para os acompanhantes. Muitos são do interior e não têm dinheiro pra comprar alimentação. Os servidores também estão zerados”, exclama Carlos.

Confira vídeo:

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *