DEMOCRACIA

Tomba diz que professores estão de férias há mais de 1 ano no RN e leva invertida de Isolda Dantas: “estão trabalhando mais do que presencialmente”

O deputado estadual Tomba Farias (PSDB) tentou humilhar os professores e professoras do Rio Grande do Norte, que ameaçam deflagrar greve enquanto a vacinação da categoria não for concluída. Em pronunciamento na sessão de quarta-feira (7), o parlamentar afirmou que os professores estão de férias “há 1 ano e 10 meses” em razão das aulas presenciais estarem suspensas por conta da pandemia.

O tucano ignorou, no entanto, que os trabalhadores da educação seguem dando aulas em formato remoto, muitas vezes custeando material do próprio bolso para fazer o conteúdo chegar aos estudantes, conforme relatou ao Balbúrdia a coordenadora-geral do Sinte Fátima Cardoso. Segundo ela, especialmente em Natal, o prefeito Álvaro Dias, também do PSDB, se nega a negociar um reajuste de 12,8% que deveria ter sido pago ainda em 2020:

 “Agora é a segunda dose. E depois que tomar a segunda dose, vai ser o quê? Depois que tomar a segunda greve vai ter greve. Greve de quê? Estão de férias há um ano e dez meses”, afirmou o parlamentar do PSDB.

Após as críticas, a deputada Isolda Dantas, que preside a comissão da Educação na Casa, rebateu as declarações de Tomba:

Professores não estão de férias. Tiveram que fazer um grande esforço para garantir o ensino remoto. Estão trabalhando até mais do que presencialmente. Se a segunda dose é o que garante imunidade, aguardemos a segunda dose dos trabalhadores em educação para poder retornar com as aulas presenciais. Nós temos que ter é gratidão aos profissionais da educação,” afirmou.

 

 

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *