+ Notícias

UFRN debate os efeitos do pacote anticrime de Moro sobre a Juventude

Os efeitos sobre a juventude do pacote anticrime enviado pelo ministro da Justiça Sérgio Moro para o Congresso Nacional é o foco central da aula inaugural promovida pelo Observatório da População Infanto-Juvenil em Contextos de Violência (OBIJUV).

O debate acontece nesta terça-feira (26), a partir das 18h30, no auditório C do CCHLA, e reunirá a coordenadora da pastoral Carcerária Guiomar Veras, o policial civil membro do movimento Policiais Antifascismo Pedro Paulo e o advogado popular e militante dos Direitos Humanos Gustavo Barbosa.

Um dos pontos mais polêmicos é o artigo que trata da Lei da legítima defesa ou excludente de ilicitude, que na prática se configura numa autorização para a polícia matar suspeitos.

Na proposta do pacote anticrime, independente da forma e reação, desde que reagindo sobre “escusável medo, surpresa ou violenta emoção”, o policial estará isento de responsabilidade criminal.

Saiba Mais: Moro, o pacote de leis anticrime e o populismo penal

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *