+ Notícias

Uma das vítimas da explosão do botijão de gás em Mãe Luíza havia se mudado para o local há quatro meses

Entre as quatro vítimas que morreram soterradas na explosão de um botijão de gás no bairro de Mãe Luíza, em Natal, está Luíza Belarmino de Oliveira, de 57 anos. Ela era mais conhecida como Vanda, morava sozinha e havia perdido o emprego de cuidadora de uma idosa depois de sofrer uma queda e precisar passar por uma cirurgia. Afastada do trabalho e sem renda, montou um comércio e passou a vender lanches, bolos e salgadinhos em casa, o que acabou dando certo, segundo Maria Elizabeth Sousa, prima de Vanda.

“Ela era muito independente e gostava da liberdade que tinha. Também era muito ativa, Estava sempre ajudando todo mundo. Vai deixar um vazio, ainda estamos digerindo o que aconteceu”, lamenta Elizabeth.

Vanda morava no térreo da casa de primeiro andar que ficava na rua Alto da Colina e acabou desmoronando com a explosão do botijão de gás na madrugada deste domingo (7), por volta das 3h30. Ela havia se mudado há cerca de quatro meses para o local. Na parte de cima, morava Maria das Graças Idelfonso, de 44 anos, que havia se mudado há apenas duas semanas.  Os bombeiros acreditam que foi neste imóvel onde ocorreu a explosão.

Ao todo, cinco casas foram atingidas. Além de Vanda e Marias das Graças, também foram identificadas entre as vítimas: Maria Teresa Cristina da Silva, de 49 anos, e Taís Silva de Oliveira, de 18 anos. As duas, mãe e filha, moravam ao lado da casa de Vanda. Um casal também foi resgatado do local e levado para o Hospital Walfredo Gurgel. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), a mulher, de 51 anos, já foi liberada do hospital e o homem, de 60, está estável, mas segue em observação.

Os bombeiros encerraram as buscas por vítimas por volta das 7h da manhã. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) esteve no local e recolheu entre os escombros dois botijões de gás para a perícia, cujo resultado deve ficar pronto num prazo de dez dias. O velório de Vanda aconteceu hoje pela manhã e o enterro será à tarde, no Cemitério de Nova Descoberta.

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo