TRANSPARÊNCIA

Via Trajana: Ex-deputado federal João Maia é alvo de operação da Polícia Federal

Anúncios

Um dos 27 mandados de busca e apreensão realizados pela Polícia Federal nesta terça-feira (31) com autorização da Justiça foi no apartamento do ex-deputado federal João Maia (PR).

Ele foi citado por delatores da operação Via Ápia num acordo delação premiada por ter recebido R$ 1 milhão em propina de recursos desviados de obras em rodovias federais realizadas pelo DNIT.

Em nota divulgada após o cumprimento do mandado de busca e apreensão pela PF, João Maia enviou nota à imprensa, na qual diz estranhar a operação num período eleitoral.

João Maia é candidato à deputado federal pelo PR e integra a coligação de apoio à reeleição do atual governador Robinson Faria (PSD).

Anúncios

Segue a nota na íntegra:

“À minha família, aos amigos e a todos os conterrâneos do Rio Grande do Norte: Hoje, às seis da manhã, minha família foi acordada com mandado de busca e apreensão. Soube por terceiros, como sempre, que se trata de desdobramento de uma delação sobre um processo que se desenrola desde 2009.

Espero que agora possa saber exatamente se sou acusado e, de que sou, para poder me defender na justiça, em quem acredito e sempre vou acreditar.

Avisaram-me, muitas vezes, que a proximidade do processo eleitoral poderia ensejar esse tipo de ação, não quis acreditar, mas estranhamente aconteceu. Continuo tranquilo, firme nos meus propósitos, com fé em Deus e na Justiça”.

João da Silva Maia

Saiba Mais: Via Trajana: PF amplia investigação sobre desvios de recursos em rodovias federais

Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *