CIDADANIA

Violência contra a mulher é foco do 1º Seminário de Direitos Humanos da ADURN

A violência contra a mulher é o foco do 1º seminário de Direitos Humanos promovido pelo ADURN-Sindicato. O evento acontece dias 19, em Santa Cruz e dia 20, em Natal. Com o título: “Quebre o Silêncio! Basta de Violência contra a Mulher”, a atividade fecha a campanha nacional de mesmo nome, realizada entre os dias 20 de setembro e 22 de outubro, pelo PROIFES-Federação, em parceria com os sindicatos federados ADURN e APUB.

Majoritariamente virtual, a campanha atingiu mais de 20 mil usuários nas redes e teve por objetivo sensibilizar as mulheres vítimas de violência a quebrarem o silêncio e denunciarem agressões, que também acontecem nas Universidades e no ambiente escolar.

Para o coordenador do Núcleo de Direitos Humanos do ADURN-Sindicato, Oswaldo Negrão, o evento é importante porque  fomenta o debate em torno dos Direitos Humanos na universidade e para que se busque cada vez mais instrumentos de conscientização e combate às violências e desigualdades, neste caso contra a mulher.

A fim de proporcionar um debate mais amplo com a comunidade acadêmica, o evento será realizado em dois campi da UFRN, sendo dia 19 de novembro no auditório da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (FACISA), a partir das 14h, e no dia 20 de novembro no auditório da Biblioteca Central Zila Mamede, Campus Central da UFRN, a partir das 9h.

A programação do evento contará com conferências, rodas de conversa e debates com nomes nacionais ligados ao assunto, como a Coordenadora Nacional do Comitê Latino Americano e Caribenho dos Direitos das Mulheres, Rúbia Abs da Cruz, e a Gerente de Projetos de Prevenção e Eliminação da Violência contra as Mulheres da ONU Mulheres Brasil, Carolina Ferracini.

Veja abaixo a programação completa do seminário em Natal:

PROGRAMAÇÃO | Natal
20 de novembro de 2018 – Auditório da Biblioteca Central Zila Mamede/UFRN

9h MESA DE ABERTURA

Ângela Paiva – Reitora da UFRN

Wellington Duarte – Presidente do ADURN-Sindicato

Nilton Brandão – Presidente do PROIFES-Federação

Ilana Lemos – Representante do Centro de Referência em Direitos Humanos Marcos Dionísio

Guiomar Veras – Coordenadora da Pastoral Carcerária do RN

10h RODA DE CONVERSA: O que são Direitos Humanos?

Rúbia Abs da Cruz – Coordenadora Nacional do Comitê Latino Americano e Caribenho dos Direitos das Mulheres – CLADEM Brasil

Carolina Ferracini – Gerente de Projetos de Prevenção e Eliminação da Violência contra as Mulheres da ONU Mulheres Brasil

11h30 INTERVALO PARA ALMOÇO

13h30 APRESENTAÇÃO CULTURAL

14h MESA 1 – Violência Institucional Contra a Mulher

Ilidiana Diniz – Professora do curso de Serviço Social (UFRN) e membro do Grupo de Estudos e Pesquisa Ética, Trabalho e Direitos

Prof. Dra. Thaís Madeira – ADUFSCar-Sindicato

15h DEBATE

15h30 INTERVALO/ APRESENTAÇÃO CULTURAL

16h MESA 2 – O papel do Estado no enfrentamento das violências

Érica Canuto – Promotora da Defesa da Mulher do Ministério Público do RN

Rosivaldo Toscano – Juiz Titular do 3º Juizado da Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Natal/RN

Ana Paula Vasconcelos – Delegada da DEAM

Rúbia Abs da Cruz – Coordenadora Nacional do Comitê Latino Americano e Caribenho dos Direitos das Mulheres – CLADEM Brasil

17h DISCUSSÃO

17h30 ENCERRAMENTO

Clique para ajudar a Agência Saiba Mais Clique para ajudar a Agência Saiba Mais
Artigo anteriorPróximo artigo
Rafael Duarte
Jornalista e autor da biografia "O homem da Feiticeira: A história de Carlos Alexandre"