CULTURA

Websérie “Territórios Criativos” mostra bastidores do rock instrumental

O combo cultural Mudernage mostra um pouco dos bastidores do rock instrumental potiguar na série “Territórios Criativos” durante este mês de outubro. São quatro vídeos com música, making of e depoimentos de artistas sobre o seu lugar na criação, divulgados no canal no Youtube da produtora.

Quem estreia a sequência é o guitarrista Adriano Azambuja, com a música Florânia, sobrepondo guitarras e violão à base da bateria comandada por Eliseu Sousa. O artista conta trajetória e detalhes da gravação.

Confira:

A finalização e a divulgação do projeto foi contemplado em Edital de Economia Criativa do Sebrae 2020. Os diretores dos vídeos e produtores da Ícone/Mudernage Seo Cruz, Paolo Araújo e Scilla Gabel explicam que a ideia é mostrar a diversidade do rock instrumental e seguem a temporada de outubro com vídeos das bandas Zurdo, Tesla Orquestra e redivulgando o piloto da série, com Jubarte Ataca.

“O instrumental é um segmento forte em nosso estado. O rock também. Escolhemos representantes dessa diversidade. Azambuja tem uma pegada meio anos 70. Já o Zurdo é mais experimental, math rock. Na outra semana, Tesla faz um som com muita atmosfera, um pouco psicodélico. E o Jubarte Ataca é mais para surf music, apresenta guitarras limpas, cheias de reverb”, argumenta Seo Cruz, adiantando que a intenção é ampliar a série para outros ritmos. Para isso, já correm atrás de novos recursos.

A Mudernage atua na cena musical desde 1997. Entre os lançamentos da produtora estão Manoca Barreto, Bugs, Poetas Elétricos, Bonnies e Seu Zé. No audiovisual, com atuação mais recente, já coleciona premiações com curtas como “[IN]Sustentável” (2018), “O elo perdido” (2016) e “Em torno do Sol” (2017), que participou de 15 festivais internacionais e 40 nacionais.

“Nós queremos levar a produção potiguar para além das fronteiras do Rio Grande do Norte e dentro do possível estamos conseguindo”, diz Seo Cruz.

Artigo anteriorPróximo artigo
Isabela Santos
Isabela Santos é jornalista e repórter da agência Saiba Mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *